terça-feira, 30 de junho de 2009

AMOSTRAS

Dicas
Depois de muito ler tanto nos blogues amigos como em revistas da especialidade, e conversando com alguns especialistas que tiveram a paciência de me ensinarem alguns pequenos detalhes (o meu agradecimento a todos) resolvi escrever um pouco sobre as mesmas, para quem se inicia nesta modalidade não vir a cometer os mesmos erros que eu tenho vindo a cometer. Sendo eu um iniciante nesta modalidade, constatei que alguns erros podem ser devidamente corrigidos com algumas informações adicionais de muita utilidade, tanto no tipo de amostras como na forma de pescar com elas pois muitas vezes o sucesso de umas horas de pesca está relacionado com o que estamos a utilizar e a forma como estamos a trabalhar essa mesma amostra pois elas hoje são de tal forma realistas tanto em formato e cores que imitam um verdadeiro peixe mesmo na forma como nadam.
Existem 3 classes de amostras;

AMOSTRAS FLUTUANTES:
São amostras que quando paramos de recuperar voltam lentamente á superfície

AMOSTRAS AFUNDANTES:
São as amostras que ao pararmos de recuperar afundam lentamente

AMOSTRAS SUSPENSAS:
Como o seu próprio nome indica permanecem suspensas quando paramos de recuperar

Hoje em dia as amostras são de tal forma realistas tanto na cor como na forma de deslocação dentro de agua que fazem despertar a atenção dos predadores como se de presas vivas se tratassem proporcionando por isso agradáveis horas de lazer.
Como é do conhecimento geral as cores são de uma importância fundamental existindo 3 tipos de cores

CORES FRIAS:
Cores que permitem uma maior visibilidade a maior profundidade

CORES QUENTES
Cores que perdem as suas qualidades apelativas quando afundam

CORES FLUORESCENTES
Cores que em determinadas situações fazem a diferença a grande profundidade

Muitas vezes também existe um total desconhecimento sobre os tipos de pala e as funções da mesma a largura e o comprimento da pala influenciam a frequência e a profundidade da mesma o que leva por vezes a cometer erros e é normal estando na acção de pesca nós nada sentirmos e o companheiro do lado estar a ferrar peixes e quando nos aproximamos repararmos que não estamos a pescar ou com a amostra adequada, ou então existe um pequeno detalhe da qual não nos apercebemos mas que necessita ser corrigido, pois a pesca é um desporto de detalhes e de pequenos truques e deles pode estar dependente o sucesso de uma boa pescaria ou não

Sem comentários:

Enviar um comentário

OS PARGOS ADORARAM

Uma isca de excelência para um peixe de excelência ,os pargos chamaram-lhe um pitéu