segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Mais uma vez



Recebendo um telefonema no sábado a convidarem-me para ir pescar no dia seguinte dizendo que o mar estava com umas óptimas condições para a prática da pesca e mesmo indo trabalhar acedi ao convite dos meus amigos Jorge e Jénito com o intuito de matar o vicio e apanhar um pouco de ar pois o sábado estava lindo nada fazendo prever o dia horrível de domingo. Acordo cedo e ao chegar ao carro constato que a temperatura era de 2 graus negativos, com muito vento e chuva, mas como a vontade de estar junto do mar era imensa e as saudades de pescar enormes resolvi arriscar pois o tempo junto ao mar podia ser diferente, e lá me pus ao caminho fazendo kms tendo por companhia a Rádio Renascença e agora já sem a companhia dos cigarros pois estou a tentar deixar de fumar, chegando ao local combinado já com algum tempo de viagem e sempre debaixo de mau tempo, lá estavam eles á minha espera com o pequeno almoço preparado mas com a triste noticia que o mar tinha levantado e não permitia pescar, pois constatei que o vento era demasiado forte e a ondulação alta demais para qualquer tipo de pesca.
Mais uma vez e pela 3ª vez consecutiva em que procurei tirar partido da possibilidade de poder ir pescar sou confrontado com o tempo horrível e mar incapaz de se pescar mas melhores dias virão certamente em que o poderei fazer, nestas 3 vezes aproveitei para sentir aquele cheiro e o barulho característico que só o mar nos sabe transmitir e que nos leva a recarregar as baterias sentindo nós uma verdadeira paz interior

.

o meu obrigado á Bete pela foto

5 comentários:

  1. Meu amigo querido
    Não imaginas como fiquei feliz em saber que estás parando de fumar.
    O homem português é forte, lutador e vencedor. Isso me dá a certeza que irás conseguir.
    Um beijinho e boa sorte!!!
    Inês

    ResponderEliminar
  2. Olá amigo do coração,com muita honra revejo a minha foto numa das tua maravilhosas escritas,parabéns pelo teu cantinho tão acolhedor,no qual eu me sinto bem permanecer,pois além de ser de quem é,todo o seu intuito me é familiar pois como sabes também adoro o Mar,sendo ele tudo para mim,desde o transmitir Paz,tranquilidade,serenidade,o seu cheiro da maresia,o encanto das ondas revótas ou não tem o seu encanto,o seu infinito que me leva em seu explendor,enfim...e tambem o peixinho que neste teu cantinho depositas...adoro peixinho.Bem amigo Justy um muito obrigada por existires e fazeres parte deste mundo virtual e ao mesmo tempo tão real.A amizade é algo não comparavel com nada neste mundo.Obrigada pela tua amizade,desculpa por este testamento...mas deixo aqui testemunhando o homem e amigo que és.
    Beijinhos
    Bete

    ResponderEliminar
  3. Olá companheiro por aquilo que vou lendo parece que o 2010 está um pouco mau por aí e não é só na pesca segundo sei mas tudo vai resolver-se certamente.
    um abraço
    Carlos

    ResponderEliminar
  4. O mar nem sempre deixa e depois de uma semana a sonhar acordado com a pesca no dia P o mar não colabora é o fado de um pescador.
    parabéns pelo blog e pela excelente música que está a tocar como pano de fundo.
    abraço

    ResponderEliminar
  5. Aqueles adesivos ajudam a combater o vício e as pastilhas com nicotina, no princípio, são uma boa ajuda.
    Já várias vezes deixei de fumar e depois convencia-me que, se calhar, nada valia o sacrifício à falta de um susto, e quando voltava, passava a fumar o dobro.

    Com ajuda do médico, consegui até ao momento estar sem fumar desde meados de 2006.
    Amigo, em termos de saúde, é uma diferença espantosa, mas a tentação existe e há que resistir, pois eu sei que se voltar por uma fraqueza, vou arranjar o tal susto que não tive e que eu não quero ter.

    Quanto à pesca lúdica você tem sorte em estar no norte, pois que lá pelas bandas da costa vicentina aquilo é um disparate de fundamentalismo por parte do ICNB e do Ministério do Ambiente.
    Mas para aquelas luminárias você é predador, que cospe para o mar e suja as águas...

    Eles não percebem o que ilumina um pescador lúdico, eles não sabem o que é ser um sonhador, um criador de ilusões e de espaços de liberdade, eles tolhem a criança e a pureza que vive no coração destes espíritos livres.
    Eles são aquilo que detestamos na vida, eles são o lixo da civilização, sem justiça, sem critério e sem alma.

    Seja feliz e faça os seus felizes.

    Artur Barreiros

    ResponderEliminar

FOTOS

Aqui vos deixo algumas fotos da zona oeste esperando que gostem e nos possam visitar PENICHE CAIS DA FOZ DO ARELHO PEDRA DA E...