segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

O mistério dos polvos

Depois de ler um artigo muito oportuno no blog http://diplodus.blogspot.com/ do companheiro Antonio Matos (que cito pois merece ser lido )resolvi fazer umas considerações que espero que alguem entendido possa vir a explicar
Os polvos que deram à costa na zona de Vila Nova de Gaia morreram devido ao excesso de água doce que correu para o oceano devido ás fortes enxurradas que assolaram a região nos dias anteriores.
De acordo com uma fonte oficial do Ministério da Agricultura as análises efectuadas aos polvos pelo Laboratório Nacional de Investigação Veterinária revelam um desequilíbrio de salinidade nos polvos que acabou por lhes provocar a morte.
Fazendo fé nestas noticias trazidas a publico importa fazer algumas perguntas para as quais ainda não foram dadas respostas.
1ª. Tendo todo o País sofrido do mesmo mal e nalgumas zonas ainda mais grave porque só ali aconteceu este fenómeno ?
2ª. Onde estão os resultados das análises encomendadas a vizinha Espanha ?
Com estes simples factos para as quais ainda não existem resposta fica a pairar no ar o porquê daquilo ter acontecido e porque não foram outras espécies tambem atingidas?
Estranho não é ? Ou mais uma vez nos escondem a verdade .
JTCordeiro

3 comentários:

  1. Caro bloguista e pescador,
    De facto isto aconteceu nesta zona porque Lavadores, Gaia tem a Norte a menos de 1 km o Rio Douro que devido ás alterações hidrodinamicas provocadas pelo novo molhe da Foz conduzem as correntes, lodos, sedimentos do rio na vazante para perto da linha de costa.
    Dantes saíam mais afastadas da costa, pelo que enxurradas inusitadas e anormais como este ano provocaram excesso de agua doce na orla litoral desta zona.De referir que o Molhe esta pronto e a´funcionar há dois anos, pelo que no ano anterior foi de seca o Inverno.Este foi o primeiro a sério e as modificações do peixe e hábitos tanto a norte como a sul do molhe extenso é consideral.(Afastamento das espécies predadoras para outras paragens na procura da comida etc.Desassoreamento num lado e assoreamento noutro etc.

    Espero ter ajudado
    Cumprimentos
    António Simões

    ResponderEliminar
  2. Desde já o meu obrigado pelo comentário e pela explicação dada é sempre agradavel saber que o que se escreve tem leitores atentos ,volte sempre porque é bem vindo e acredite que ajudou sobre esse tao delicado assunto
    JTCordeiro

    ResponderEliminar
  3. Belas fotos no seu blog portuga !
    Uma sugestão: faça uma postagem sobre as pescarias do Brasil ! Bons rios, otimos exemplares e esportividade sem igual !

    Abraço

    ResponderEliminar

OS PARGOS ADORARAM

Uma isca de excelência para um peixe de excelência ,os pargos chamaram-lhe um pitéu