segunda-feira, 26 de abril de 2010

Brincadeira




23/04/2010


Acordando cedo resolvi ir pescar um pouco para aliviar o espírito e ver se fazia uns peixitos ,ao chegar ao Guincho o mar estava com um pouco de força e algum vento mas nada que não deixasse pescar e como a ideia era estar entretido até á hora de almoço o objectivo foi alcançado,alem desses da foto ainda sairam mais alguns que devido ao seu tamanho (relógios) foram devolvidos á agua,salemas ferrei 3 mas nao consegui tirar nenhuma pois todas elas cortaram o fio.

terça-feira, 20 de abril de 2010

Homenagem


Com este pequeno texto compilado da Associação 25 de Abril quero prestar a minha homenagem a todos os meus companheiros de armas que sem olhar a medos estiveram desde a 1ª hora prontos a dar a vida por um futuro melhor.
JTCordeiro
ex.furriel mil.

23.30Batalhão de Caçadores 5 em Lisboa O Maj. Fontão convoca os 30 Oficiais que constituiam o núcleo seleccionado e outros que se encontravam na unidade e comunica-lhes os objectivos do Movimento e outros elememtos de interesse. Convidados a aderir fazem-no sem excepção. São mandados equipar e armar.

00.15Batalhão de Caçadores 5 em Lisboa são reunidos todos os Sargentos e Cabos Milicianos presentes na Unidade. Informados de forma idêntica aos Oficiais, aderem sem excepção. São encaminhados para se juntarem aos oficiais das respectivas Companhias.

01.45Batalhão de Caçadores 5 em Lisboa os graduados acordam e mandam formar as Praças de forma mais discreta possível com vista a evitar o alerta das forças da GNR na Penitenciária.

03.00Batalhão de Caçadores 5 em Lisboa as 2 Companhias Operacionais iniciam marcha apeada e saem pelo portão da Marquês da Fronteira. A 1.ª C.ª Operacional, sob o Comando do Cap. Beatriz é iniciado o cerco e instalação em redor do Quartel General da Região Militar de Lisboa em S. Sebastião (QGRML). A 2.ª C.ª Operacional, sob o Comando do Ten. Mascarenhas isola e assegura a protecção da área dos estudios do Rádio Clube Português (RCP). O Maj. Fontão estabelece contacto com os elementos da Força Aérea que entraram nos estudios da RCP ficando a situação sob controlo. De seguida o Maj. Fontão desloca-se para junto da 1.ª C.ª Operacional.

03.30Batalhão de Caçadores 5 Termina o cerco ao Quartel General da Região Militar de Lisboa (QGRML). O Cap. Bicho Beatriz concede ao Oficial de Serviço, Aspirante Silva uma hora para se render.

03.32Batalhão de Caçadores 5 O dispositivo de segurança em torno do Rádio Clube Português (RCP) está em posição. O Grupo n.º 10 comandado pelo Maj. Costa Neves e constituído entre outros por, Maj. Campos Moura, Cap. Santos Coelho, Cap. Pombinho, Cap. Santos Coelho, entram no RCP que é ocupado sem incidentes. O Cap. Santos Coelho liga para o PC e comunica: "MÉXICO ocupado sem incidentes". O RCP passou a integrar o PC.

04.00Batalhão de Caçadores 5 . É enviada uma força para a residência do General Spínola.
04.26 RÁDIO CLUBE PORTUGUÊS. É dada ordem para ser transmitido o primeiro comunicado. Foi com emoção que em todo o País centenas de militares ouviram pela voz de Joaquim Furtado o primeiro de vários comunicados que haviam sido redigidos pelo Maj. Vitor Alves. Estava previsto que os comunicados seriam lidos pelo Maj. Costa Neves, no entanto, Joaquim Furtado, locutor de serviço ao RCP, ao saber das intenções do Movimento de imediato se prontificou para o fazer. No comunicado pede-se para que a população se mantenha calma e apela-se à classe médica para ocorrer aos hospitais.

04.30Batalhão de Caçadores 5 Quartel General Região Militar de Lisboa (QGRML). O Quartel General Região Militar de Lisboa (QGRML) é ocupado por forças do BC5. O regime perde um importante instrumento de comando, controlo e ligação entre unidades na área de Lisboa. O Maj. Fontão comunica pessoalmente para o PC: "CANADÁ foi ocupado sem incidentes"

09.00Batalhão de Caçadores 5 . Recebe um reforço de dois blindados da EPC e passa a controlar as vias de comunicação em torno do QG da RML, nomedamente o cruzamento da Av. António A. Aguiar com a Marquês da Fronteira.

11.00Batalhão de Caçadores 5 . O Major Fontão prende o General Louro de Sousa e o Brigadeiro Silvério Marques quando tentavam entrar nas instalações do Quartel Mestre General, na Rodrigo da Fonseca. Só mais tarde o PC veio a perceber que tinha sido preso um dos indigitados para a Junta de Salvação Nacional.

sábado, 17 de abril de 2010

Almoçarada




Como o tempo não permitia ir á pesca imaginava eu ser mais um dia aborrecido ,mas logo pela manha o telefone toca e sou supreendido por um convite para comer uns bons carapaus,claro está que não podia recusar mais um dia na companhia do grupo a beber uns copos rsrsrs pois nem só de pesca vive o homem e temos que saber aproveitar quando o tempo não permite pescar ficando algumas imagens para a posteridade.

sábado, 10 de abril de 2010

Grade




Quarta 7/Abril/2010




Levantei-me com o intuito de ir fazer uma pescaria ao fundo e ao mesmo tempo aproveitar estes dias de sol para apanhar um pouco de ar . Ao chegar á praia das Bicas constato que a mesma tinha sofrido grandes alterações e que muita da areia da praia tinha desaparecido.
Ao iniciar a pesca começo a sentir toques de peixe miudo e alguns iam ficando no anzol mas que ao chegar a terra eram prontamente devolvidos á agua para crescerem pois não passavam de simples relogios rsrsrs.
Resolvi montar a cana de spinning e ir pescar um pouco para as pedras a ver se engatava um cachaço enquanto a outra cana ficava a pescar ao fundo ,não o devia ter feito pois longe da cana vejo a mesma dobrada e a bater quando corro para ela o que quer que seja partiu o fio e a cana com o balanço veio para trás e neste movimento acabou por partir a ponta da cana que estava no ferro ,espero que a Tica tenha arranjo se não lá terá que ser uma nota preta a comprar outra

AUTORIDADE MARITIMA NACIONAL

“Pesca lúdica segura” O Comando da Polícia Marítima está a desenvolver uma campanha de sensibilização e alerta para os perigos da pes...