domingo, 1 de julho de 2012

Grades,,Grades,,Grades

Dia 14/15 /Junho

Como a falta de peixe era notória só tinha duas opções ou fazia peixe ou se não fizesse arrumaria a tralha e fazia-me á estrada para voltar para Sacavém e passar aqui uns dias para com o meu grupo chorar as mágoas, depois de alguns lançamentos em que o isco veio intacto juntei-me a umas pessoas que andavam aos caranguejos, conversa puxa conversa e quando olho para a cana estava ela toda dobrada e o carreto a cantar, logo pensei é agora corri para a cana e como a corrente já era forte começo a ver que a Amarelinha não tinha intenções de ser apanhada e começou a fugir para onde existiam barcos e cordas sabendo eu que se ela o fizesse eu seria derrotado e assim foi, bem me molhei, bem procurei que ela viesse para fora mas acabou por ser mais forte do que eu e ao fim de algum tempo disse-me adeus grrrrrr, danado mandei a cana e carreto para a areia e sentei-me a pensar «O QUE SE PASSA» vale mais é fazer a trouxa e guardar para Outubro para uma nova investida e assim pensei e assim fiz agora é só aguardar por novas pescarias


1 comentário:

  1. como é companheiro! vamos apanhar umas grades por aqui, ou já estas farto. eu vou começar agora, penso eu!!!!!!

    ResponderEliminar

FEIRA PESCA E NAUTICA DE SETUBAL

Mais uma vez e com todo o gosto aqui deixo o cartaz da feira náutica de Setúbal a qual aconselho uma visita tanto para tomarem conhecimento ...