segunda-feira, 22 de setembro de 2014

EPISÓDIO FINAL

Como tudo que tem um principio mais tarde ou cedo também terá um fim ,durante algumas semanas aqui fui colocando fotos e comentários de pescarias a que chamei a « Saga dos Sargos » por ser essa a espécie que mais apanhámos durante uns dias inesquecíveis que vão manter-se durante muito tempo na nossa memória.Tive o privilégio de durante esse tempo de ter a companhia de alguns bons amigos ,mas não posso deixar desde já de sublinhar aquele que mais vezes me aturou e que marcou as férias de propósito para me ensinar e dar a conhecer um pouco mais aquela costa a esse a que eu chamo de mestre ( F.Enxuto) desde já o meu grande obrigado ,mas amanhã falaremos disso agora vamos ao que interessa o ultimo episódio.
Deixei para o fim aquela que eu considero a melhor pescaria feita num pesqueiro que com muita pena minha foi unicamente visitado uma vez tanto pela dificuldade em lá chegar com a viatura como com a descida e depois subida que é de uma dureza para mim superior ao (cabo da roca )fomos acompanhados nessa faina pelo Paulo Ricardo também um excelente pescador ,ao chegarmos e ao olhar para aquela costa maravilhosa tanto o Enxuto como o Paulo inclinaram-se para um pesqueiro á nossa direita um pouco alto eu com vontade de mostrar serviço fui para uma pedra  que eu via um pouco mais longe á esquerda e assim nos afastámos e em boa hora o fiz pois o peixe brindou-me com a sua presença e a eles nada rsrsrs tendo ao fim de algum tempo eles terem que irem para junto de mim para tirarem uns peixinhos e gaivotas rsrsrs .
O mestre ao aperceber que eu tinha uma boa pesca puxou dos galões para não deixar os seus créditos por baixo e vai daí começou a tirar peixe de empreitada ,vendo eu isso só encontrei uma maneira de não o deixar pescar que foi despir-me e ir mergulhar e nadar para o buraco estragando a pesca a eles e por muito engodo que me mandassem eu só sai dali quando desistiram de pescar rsrsrs o pior foi que os ditos cujos arrumaram a tralha e vai dai que faz tarde deixando-me sozinho com aquele peixe para acartar para cima ,e assim com batota consegui por uma vez apanhar mais peixe que o Mestre


4 comentários:

  1. Eram aos pontapés nesse dia amigo Justino,ahahahahahah, que grande sargalhada, muitos parabéns, um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredita meu amigo é um dia que decerto não irei esquecer :)
      Abraço

      Eliminar
  2. O melhor estava mesmo guardado para o fim he he he....
    Isso foi 2 em 1, uma valente sargalhada e uma tareia no mestre isso não se faz, nem afugentar a bicheza para não seres ultrapassado.
    Para o ano quero também uma aula com os mestres sargalheiros Justino e Enxuto, gostava de contar com a vossa presença no concurso anual da Bordinheira em Maio do ano que vem, agendem lá uma vinda aqui pelo Oeste Saloio.
    Abraços e bom trabalho que a pesca já acalmou, pelo menos para ti he he he

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedro obrigado pelos teus comentários ao longo destes episódios,teremos muito prazer em um dia termos a tua companhia,quanto ao concurso talvez um dia meu amigo pois infelizmente ambos trabalhamos por turnos e nem sempre é possivel conciliar as coisas mas quem sabe pois temos ideias de ir descobrir novas coutadas para a tua zona e quem melhor para nos explicar que o rei do oeste pois tu não fazes por menos :)
      Um abraço grande de mim e do mestre

      Eliminar

FEIRA PESCA E NAUTICA DE SETUBAL

Mais uma vez e com todo o gosto aqui deixo o cartaz da feira náutica de Setúbal a qual aconselho uma visita tanto para tomarem conhecimento ...